Olhando as listas

Vamos em frente, o ano ainda não acabou.
A essa altura de 2014, as pessoas já dão sinais de cansaço, a sensibilidade torna-se mais aguçada, é tempo de avaliações, encaminhamentos e preparação para o Natal e ano novo. Empresas organizam férias coletivas, o comércio fica mais agitado, as pessoas correm de um lado para o outro com o objetivo de conseguir fechar o ano com "chave de ouro".
No início de cada ano, costumamos fazer algumas listas que têm o objetivo de nos auxiliar a cumprir com os compromissos aos quais nos propusemos no decorrer do ano que estamos deixando para trás. São nossas metas e objetivos pessoais, social e familiar. Está em dia com sua lista?
Com o advento do Natal e ano novo, outra lista entra em cena. São as lembranças e mimos para familiares,  amigos, não esquecendo àqueles menos favorecidos e desamparados. Caridade deve ser item fundamental em nossa lista.

Ganhar presentes é bom, e não precisa ser um presente caro. A força de um gesto sincero sempre valerá mais do que qualquer valor econômico. Muito mais do que presentes caros, o coração humano necessita de carinho, compreensão, acolhida e amor.
Fazer-se mais presente na vida das pessoas que amamos ou que estão em nosso ciclo de amizade,  seria um belo item a ocupar nossa próxima lista.

No decorrer de 2014, quantas vezes ofertamos a eles abraços carregados de afeto, cumprimentos sinceros e dissemos que os amamos?
O quanto nos fizemos presente na vida de nossos pais, filhos e amigos? Quantas vezes incluímos em nossos planos diário? Aos pais, oferecemos o presente da companhia desinteressada, do apoio nos momentos que precisaram? Aos filhos, se ainda criança, quantas vezes estivemos ao lado deles brincando, dando-lhes bons exemplos, ensinando-lhes as verdades e também as coisinhas mais simples e importantes da vida? Aos amigos, oferecemos o presente da amizade sincera?

Os melhores presentes são essas atitudes que dão sentido à vida e fazem com que ela seja mais intensa, leve e feliz.
Forte abraço.

8 comentários:

  1. Linda proposta por aqui! Que todos coloquemos apenas coisas simples e tão fáceis de cumpris como estas:dar mais amor, ajuda,etc...abração,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi chica,

      Não existe presente melhor do que se fazer presente na vida das pessoas que amamos. E amar é tão simples...

      Lindo fim de semana!

      Excluir
  2. Olá Nestor,

    Eu já me sinto tão cansada que gostaria de fechar os olhos e me deparar com 2015. Esse ano foi 'barra pesada' para mim e familiares, com duas perdas importantes num curto espaço de tempo. Uma na minha família (minha mãe) e outra na família do meu marido (irmã dele). O abalo emocional foi muito grande e exauriu minhas forças. Não estou entusiasmada para o Natal, mas ele será preservado, não só pelo seu espírito cristão, mas também em prol da união familiar. E há as crianças, que ficam na maior expectativa com a chegada do 'papai-noel'. Assim, sendo, o jeito é botar fé e seguir adiante.
    Nunca fiz lista de projetos para o ano vindouro, a não ser desejar viajar um pouco. Esse ano os acontecimentos não permitiram e esse projeto foi adiado. Espero poder realizá-lo logo no início de 2015. No mais, já vivo dentro do propósito de dar de mim tanto quanto puder para as pessoas que amo. Aliás, tenho sim um propósito para 2015, ou seja, cuidar um pouquinho mais de mim e dos meus sonhos. Estou realmente precisando de me dar esse presente.
    Um ótimo texto, Nestor, que reflete a generosidade do seu coração.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Vera,

      "O jeito é botar fé e seguir adiante". Para quem fica, a vida continua. Embora saibamos da finitude humana, nem sempre sabemos lidar com as perdas. Mas tudo passa, Vera. O tempo trás as respostas e a fé nos mantém de pé.

      Que presente maravilhoso você vai se dar a si próprio. Cuidar-se de você e seus sonhos. 2015 será maravilhoso!
      Bom final de semana!

      Excluir
  3. Oi, Nestor, como vai?
    Primeiro quero agradecer muito a surpresa! :D Adorei meu kit sucesso 2015 e quiçá, ajudará muito, visto que tenho certeza que foi dado de coração!
    O final de ano de fato chega com cansaço, sensibilidade à flor da pele e listas... pretendo organizar no final da semana que vem os presentes para envio. Quanto aos objetivos pessoais, alguns realizados, outros não... estou um pouco triste, um pouco feliz, mas quero mais para o próximo ano, sem dúvida. E com esperança de que será melhor, sempre. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia, buscando uma solução aqui, outra ali, é possível ir em frente.

      Não se preocupe muito se algum objetivo não se concretizar esse ano. O mundo não vai acabar mesmo! Celebre os conquistados. Há muitos anos pela frente. O que não foi possível realizar em 2014, coloca em 2015 e siga em frente, assim é a vida. Tudo o que está reservado para você, irá acontecer.
      Quanto ao kit é uma simples gratidão pela parceria virtual em 2014. Não me permito ficar só nas palavras. Mesmo que seja pequena, o mundo requer ações.
      Sucesso para você!
      Abraços.

      Excluir
  4. Faz uns dois anos que não faço mais lista pois sempre ficava chateada se não conseguia realizar rs.
    É vdd final de ano chegando e o cansaço domina, concordo com o que disse os presentes importantes de vdd são simples de ofertar não é mesmo...amizade, carinho...um abraço...uma palavra de incentivo.
    Bela postagem!!!

    ResponderExcluir
  5. Como vai Patricia?

    No transcorrer da vida, muitas opções nos são apresentadas. É aí que geralmente substituímos ou deixamos de lado itens importantes de nossa lista.
    Presentes materiais são importantes, porém passageiros. Amizade, carinho, abraço... são eternos e fazem um bem enorme.

    Abraço.

    ResponderExcluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.