O mundo é bonito

Orquidário pessoal
Olá amigos, olá família Alcará, como vai a luta?
É muito bom estar de volta e interagir com vocês. Espero que as coisas estejam dando certo para todos. Teria muita coisa para descrever, pois quando a gente sai da rotina casa trabalho, trabalho casa e cai na rotina do ócio, mesmo que, por alguns dias, passa-se a ver um mundo diferente, colorido e mais bonito. Consequentemente, passamos a ser mais felizes. Todos deveriam se permitir alguns dias de férias.
Volto do meu mundo paralelo convencido de que não existe dia igual a outro, por mais que achemos que estamos na rotina, ele chega sempre novo, cheio de novas oportunidades. A noite existe, justamente para intercalar o dia, para filtrá-lo e trazê-lo de volta totalmente novo. O que ocorre em geral, é que perdemos tempo demais com as coisas que não deram certo e não percebemos que as portas continuam abertas para recomeçarmos e fazermos diferente. Costumamos desistir, logo na primeira vez que a má sorte nos dá as caras.

Orquidário pessoal
Eu sei e concordo plenamente com quem pensa que a vida é difícil. É difícil mesmo e o mundo tem suas complicações, mas que graça teria se tudo fosse fácil, se tivéssemos tudo nas mãos? Certamente reclamaríamos também, somos insatisfeitos por natureza. 
Me corrijam se estou errado: Se chove queremos sol, se tem sol, queremos chuva, se faz calor queremos frio, se faz frio queremos calor, se estamos sós queremos companhia, se temos companhia, queremos ficar sós... E assim essa eterna insatisfação nos acompanha vida à fora.
A satisfação pessoal, a felicidade, está na capacidade de nos apaixonarmos por cada coisa que decidimos fazer. Como disse alguém que desconheço: "Se você só sabe fritar ovos, frite-os tão bem, para que seja reconhecido mundialmente como o melhor fritador de ovos". Gostar do que faz e fazê-lo bem feito, é a forma mais eficaz de conseguir realizar-se.

Perante a forte onda de racismo que assola o Brasil, a eminente guerra entre nações ricas, o paradeiro desconhecido de um avião e suas vidas,  a falsidade e inoperância de muita gente, os desencantos da vida, acredito eu, que o mundo ainda é bonito e bom de se viver.
Abraço.

6 comentários:

  1. Que lindas orquídeas e elas ajudam a ver as belezas da vida. Há tantas e tantas, mesmo rodeados de outras coisas feias e chatas, que não queremos. mas... Bom te ver de volta e bem animado.,Férias fazem bem! abração,chica

    ResponderExcluir
  2. Bom dia chica,
    O belo e o feio sempre existirão, tudo é uma questão de olhar e saber selecionar o nos convém e faz bem.
    Minhas orquídeas não ligam para as "feiuras" do mundo, cumprem o seu papel perfumando e embelezando tudo ao seu redor.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Olá Nestor,

    Suas orquídeas estão lindas.
    Não nego que os acontecimentos cotidianos e mundiais têm assustado bastante e têm trazido grande desolação e até desesperança de abraçarmos com maior brevidade um mundo melhor, mais humano e mais fraterno, Contudo, não há como negar-se que o mundo continua lindo, mesmo porque possui seu lado iluminado e belo.
    Bem vindo de volta. A leveza do seu texto mostra que voltou revigorado e de bem com a vida.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vera,
      Por mais que os acontecimentos desafiam o ser humano, sempre haverá uma saída onde todos possam sair ganhando. As decisões só dependem do homem.
      Obrigado por seu comentário. Abraço.

      Excluir
  4. OI NESTOR!
    BOM ESTARES DE VOLTA E COMO SE DIZ, COM AS BATERIAS CARREGADAS E PRONTO PARA VIVER A VIDA DA MELHOR FORMA POSSÍVEL E COM MUITO OTIMISMO, COMO NOS TRADUZ TEU TEXTO.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como vai Zilani?
      Precisamos de momentos de pausa em nossa trajetória. Paradas nos permitem reavaliar o trajeto e buscar novos horizontes, sendo assim, é possível viver a vida em sua melhor forma.
      Abraço.

      Excluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.