Penso, logo existo

Penso, logo existo. Será que essa premissa filosófica de René Descartes, responde nossas inquietudes a respeito da vida e de tudo o que nos cerca? Estará nossa existência resumida somente no ato de pensar?
Sim ou não, o fato é que todos os dias damos de cara com a vida, que simplesmente pede passagem para seguir sua jornada.
A vida se apresenta de forma igual para todo mundo. O que apresentamos a ela no nosso dia-a-dia é o que faz toda a diferença. Se você decide começar seu dia de maneira negativa, não espere no final colher bons frutos.
O bom da vida é que ela é feita de segundos, minutos, horas e dias. Você pode reavaliar, reinventar e dar novos rumos a qualquer momento.

A gente querendo ou não, ela vai passando e oferecendo um leque de possibilidades por onde se possa andar e evoluir. Escolha viver sua vida com sua própria maneira original de ser. Não fique esperando que alguém apareça e lhe diga o quê e como fazer. O verdadeiro prazer e satisfação, encontrará ao trabalhar em seus próprios caminhos.
Também não coloque sua esperança em fatores externos, nem sempre a gente têm controles sobre eles. O segredo é trabalhar com dedicação, afinco e paixão, com aquilo que você tem e gosta.

Essa é sua vida, torne-a grande e significativa. Trabalhe para resolver os problemas, para alcançar seus objetivos e principalmente para trazer seus sonhos à realidade.
A vida é exatamente o que você escolher, viva em sua plenitude e em seus próprios termos.

Bom final de semana.

14 comentários:

  1. Lindo texto e cabe a nós tornar nossa vida e a de outros melhor... Vale a pena! abração,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi chica,
      Na medida em que tornamos nossa vida melhor, todos sairão ganhando.
      Abraços.

      Excluir
  2. Nestor, os fatores externos só me servem de estímulo, para que eu lance desafios e coloque metas, aprendi que tudo depende de mim.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sissym,
      Que bom que você encarra como estímulos, há pessoas que só enxergam negatividade em fatores externos, e acabam arranjando desculpas para não evoluírem.

      Ótima semana pela frente.

      Excluir
  3. Gosto muito das suas filosofias e pensamentos. Gosto da maneira lúcida como vê a vida, como a deixa passar e se oferece inteiro pra ela... Muito bacana mesmo. Me ensina?

    Rsrs...

    Beijo.
    Boa semana, Nestor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Milene,
      Fico feliz que goste de minhas filosofias. Mas a vida é isso mesmo, quanto mais simples, mais esclarecida, melhor de se viver.

      Eu sei que você sabe viver e muito bem sua vida. Continue fazendo bem o que gosta e sabe fazer, isso é viver bem.
      Abração.

      Excluir
  4. Nestor, embora meu último post contenha algumas perguntas, confesso que não tenho me entregue tanto às perguntas tampouco espero que alguém me dê respostas para meus dilemas mais profundos...temo encontrar respostas erradas e nelas, me perder. Tenho procurado viver melhor o hoje, olhando para frente, mas com cautela. ÀS vezes acho que estou fugindo de mim mesma, às vezes acho que é só uma autopreservação necessária e natural. Só o tempo me dirá. Pelo menos estou mais serena e menos medrosa. UM abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia,
      Mais do que se envolver em perguntas, a vida requer respostas simples. Todas as respostas que procuramos, está em cada um de nós, raramente está fora.
      Você diz que tens "procurado viver melhor o hoje". Bingo!!! Essa é a melhor resposta que podes oferecer a vida.

      Abração.

      Excluir
  5. Muito bom mesmo, concordo com esta citação:

    Também não coloque sua esperança em fatores externos, nem sempre a gente têm controles sobre eles..


    Quando consegui entender que não tinha o controle de muitas coisas minha vida passou a ser bem mais tranquila.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe Patrícia, as vezes a gente fica amarrado em alguém ou em alguma coisa, na esperança de que nossos dilemas se resolvam. Isso é perda de tempo e energia jogada fora.
      A vida é prática e requer praticidade de nossa parte.

      Abraços.

      Excluir
  6. OI NESTOR!
    REFLEXÃO PROFUNDA E SÁBIA.
    ACHO, QUE É DAÍ, O "PENSO LOGO EXISTO",SE PODEMOS MANIPULAR NOSSA VIDA PARA O BEM OU PARA O MAL,O FATO DE NÃO RACIOCINARMOS PARA A FUNÇÃO DA FELICIDADE, NOS COLOCA NA CONDIÇÃO DE MORTOS VIVOS, OU SEJA, APENAS LEVADOS PELOS ACONTECIMENTOS SEM USARMOS NOSSO PENSAMENTO-VONTADE PARA MUDARMOS AS COISAS E VIVERMOS COM PLENITUDE.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Zilani,
      A vida é a principal peça no grande quebra cabeça da existência. É complexa mas, se colocada no seu devido lugar, torna-se leve e produtiva.

      Abração.

      Excluir

  7. Olá Nestor,

    Sem entrar no mérito da filosofia de Descartes, entendo que nossa existência se resumo mesmo no resultado de nossas escolhas. Pensar positivamente e agir segundo as próprias convicções nos levará a aprendizados mais eficazes e à uma vida mais gratificada e gratificante.
    Sábia colocação.

    Meu abraço.

    ResponderExcluir
  8. Oi Vera,
    Se você analisar a vida é simples pra caramba. A gente tem essa mania ou vício de complicar praticamente tudo. Se o fulano de tal trocou de carro, eu também troco, comprou uma tv maior, faço uma dívida, mas não fico atrás... É uma paranoia descabida, e quem paga a conta é a saúde e a própria vida.
    Abração.

    ResponderExcluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.