Faça bom uso

Olá, hoje estou a fim de fazer fofocas...
Conheço algumas pessoas, (sem citar nome, pois aprendi que podemos comentar o pecado, mas nunca o pecador), que além de trabalharem todos os dias até altas horas da noite, trabalham sábados, domingos e feriados.
Eu admiro muito as pessoas que batalham duro pra vencer na vida. Quem nunca sacrificou parte de suas férias,  passou horas em claro tentando encontrar soluções para seus projetos?
No caso em que cito, as pessoas não precisam mais abrir mão de sua própria vida para acumularem mais coisas. Elas já tem tudo o que precisam e em grandes quantidades.
A impressão que tenho, é que elas estão possuídas pelo possuir e acabam não vivendo as coisas boas da vida. 
Acho muito sem graça passar a vida toda acumulando coisas e mais coisas  sem tirar proveito de nada.

Lá em casa sempre tenho algumas garrafas de bons vinhos nacionais e importados, e de alguns espumantes. Elas não estão lá pra bonito, seguidamente abro e faço um brinde com quem quer que seja, e até comigo mesmo já brindei.
Não importa, amigos, o tamanho do vosso patrimônio. Se você construiu, usufrua! Não adianta ter um carro lindo, do ano se você não usa com medo de arranhar, amassar ou pegar chuva. Você torna-se um escravo de um bem que conquistou  para lhe servir.
E vocês amigas leitoras! Pra quê ter aquelas louças maravilhosas se jamais foram sujas de molho? Não menosprezem o prazer de comer.
Saibam que usar suas melhores roupas só em ocasiões especiais é descuidar da própria aparência. Reservar os melhores lençóis do seu enxoval só para hóspedes é fazer pouco do seu sono tão merecido.
Tenha você o que tiver, use, compartilhe, divida com quem ama. Ninguém leva nada pro túmulo mesmo!
Heranças devem passar de mão em mão, porém gastas pelo uso, marcadas por lembranças felizes e repletas de emoção.
Faça bom uso do que tem e seja feliz!

14 comentários:

  1. Maravilha de mensagem. Vem de encontro a tudo que penso e faço! abraços. lindo fds,chica

    ResponderExcluir
  2. Oi chica, fico feliz que tenha gostado do texto.
    Obrigado pela presença e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  3. Olá Nestor,

    Você está certíssimo, bens materiais existem para nos proporcionar conforto e não para nos escravizarem. Não tenho apego a nada, uso tudo sem só.

    Abraços e ótimo final de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Van, que bom ver você por aqui! Bem-vinda à casa!

      Também penso da mesma forma, Van. Não adianta termos um monte de coisas e não aproveitar nada.

      Abração e aproveite bem seu fim de semana!

      Excluir
  4. Olá Nestor !! Que postagem revigorante ! Adorei !!

    Conheço uma pessoa que vive assim, já tem muitos bens materiais mas não aproveita nada, trabalha até mesmo quando não é necessário e parece ter um prazer especial em dizer que perdeu festas e encontros familiares por causa disso....
    Uma mania que temos é a de viver como se fôssemos eternos... a vida passa num piscar de olhos ! Não sabemos se vamos estar vivos amanhã... os momentos que perdemos nunca mais voltarão... Por isso adorei a reflexão que nos trouxe, vamos valorizar o presente ! Todos queremos conforto e bens materiais, mas nem só disso é feita a vida, temos que saber parar um pouco, apreciar nossas conquistas e aproveitar tudo que temos ao nosso redor, sejam as posses ou as pessoas e situações :)

    Grande abraço e bom fim de semana !! :)

    ResponderExcluir
  5. Oi Samanta, obrigado por seu comentário e presença!

    Concordo totalmente contigo, não somos eternos e tudo o que conquistamos materialmente, provavelmente será esquecido, após nossa partida. Portanto vamos acumular amor, gratidão, ternura... bens que fazem bem a alma.

    Abração, ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  6. O armário, a garagem, a adega megalotados de bons objetos... A memória numa sofrida estiagem de boas lembranças?

    Gostei daqui.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Milene, seja muito bem-vinda!

      Os melhores momentos praticados, são os que ficam em nossa lembrança, no entanto, há uma grande carência de sentimentos e momentos ímpar.

      Obrigado pela presença e ótima semana!

      Excluir
  7. Boa noite meu amigo,

    Brilhante seu artigo,

    Trabalhar para fazer um depósito de boas coisas em nossa casa não vale a pena, o amanhã desconhecemos, e o que com suor adquirimos é pra ser usufruido por nós com quem amamos . Se compro uma roupa nova, é pra que eu me sinta bem todos os dias, e não em ocasiões especiais, minhas conquistas são para minha felicidade e para compartilhar com quem faz parte da minha vida de maneira tranqüila e livre...sem armazenar para que as traças venham consumir....

    Abraços e belo final de semana pra você

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Cecília, como vai?

      Merecemos ter qualidade de vida e boas coisas em nosso lar, mas acima de tudo precisamos usar.

      Realmente, se não usarmos, as traças ou alguém vão consumir.

      Abração e ótima semana!

      Excluir
  8. Oi, Nestor, muito bom seu texto! Eu aprendi que não conseguimos nada de graça e que precisamos economizar e cuidar para não gastar em futilidades o que não temos, mas a vida está aí para ser vivida! De que adianta ter o melhor carro, aparelho tecnológico ou emprego se não podemos usufruir deles ou das coisas boas que a vida dá? Houve um tempo, quando eu era pequena, que não podíamos sentar no sofá da sala porque podia estragar e ficar feio para quando chegasse uma visita...
    Ainda bem que minha mãe mudou sua visão sobre o mundo! Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia, tudo bem?

      Quem consegue tudo de graça, será um grande colecionador de objetos e fará pouco uso do que tem e ganha. Nada melhor do que batalhar pelo que se quer, e após, desfrutar de nossas conquistas.

      Super semana pra você!

      Excluir
  9. Pois é, o pior dessas pessoas é que quando vêm a morte de perto, arrependem-se daquilo que acabaram por não viver.

    Quanto ao uso das coisas, eu uso mesmo. Valorizo muito mais as experiências, do que as coisas em si.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  10. Oi Mafalda,
    Muitas pessoas arrependem-se quando não há mais tempo, e seu arrependimento não serve pra mais nada.

    Faz muito bem usar as coisas que conquistastes, elas estão aí para serem utilizadas e proporcionar experiências maravilhosas.
    Forte abraço.

    ResponderExcluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.