Opinião alheia

Você é uma pessoa que se importa com a opinião que os outros têm a seu respeito?
Há pessoas que não ligam ou não dão muita atenção para o que os outros estão falando. Tais pessoas se conhecem e sabem extrair de comentários alheios o que há de bom.
No entanto, temos pessoas que precisam e deixam-se influenciar por qualquer opinião. Isso pode ser muito prejudicial.
O primeiro sintoma de alguém que precisa da opinião alheia é a dependência de elogios. Se ninguém elogiar seu cabelo, sua roupa a pessoa não se sente segura. Se ouve alguém dizer que está gorda, pronto, desesperadamente tenta perder peso. Mas se disserem que é inteligente, esperta e bonita do jeito que está, ela também acredita.

Há pessoas que desperdiçam boa parte de suas vidas, a procura de elogios e de indivíduos que digam somente o que desejam ouvir. Quando não encontram, se infelicitam e, não raro caem em depressão.
Esqueça essa história de querer agradar todo o mundo em troca de elogios. Nem sempre os outros vão valorizar seus esforços. Opiniões alheias podem ser levianas, infundadas, falsas e superficial.
Seja você mesmo, descubra o que tem de bom em sua intimidade e valorize-se. Não existe ninguém melhor do que você mesmo para saber o que se passa em sua alma.

Você vale pelo que é, e não pelo que tem ou aparenta ser. A verdadeira elegância é a do caráter, que procede da alma justa e nobre. Esqueça as opiniões dos outros, ao menos que esse alguém esteja realmente interessado na sua felicidade e seu bem estar.

6 comentários:

  1. As oiniões existem e devem ser respeitadas. Cada qual tem sua visão diante das coisas por ser único em sua condição humana. Há opiniões parecidas e outras tão descabidas daquelas que possuímos, mas há que se respeitar.
    Nem Jesus Cristo agradou a todos, o que diria de nós pobres mortais imperfeitos.

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Oi! Adoro suas postagens, trazem a simplicidade à situações cotidianas. Na infância e adolescência eu era muito comparada por minha mãe com outras meninas, e isso me incomodava bastante. Apesar disso, aprendi a ter minha opinião independente do que as pessoas falem ou pensem. Penso bastante nas questões do dia a dia e acho me traz segurança para tomar decisões sem precisar da aprovação alheia. Ótimo post, um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Olá Bia, tudo bem contigo?
    Geralmente quando criança, as pessoas falam: "é a cara do pai, a cara da mãe", e por um determinado tempo a gente até procura imitar nossos pais, afinal eles são nossas primeiras referências na vida.
    Mas as coisas mudam com o tempo, não é mesmo? Hoje você mesmo têm suas próprias opiniões.
    Seja sempre bem-vinda, você já é de casa.

    ResponderExcluir
  4. Oi Malu,
    Que bom vê-la por aqui!
    Que bom que existem opiniões diferentes, já pensou todo mundo pensando a mesma coisa? Grandes decisões são tomadas a partir de um consenso de decisões e, realmente, nem sempre agrada todo mundo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Olá !!! Cheguei ;) Tudo bem ?

    Arrasou na postagem e no tema, adorei !
    Realmente vemos muito por aí pessoas altamente influenciáveis, creio que por diversos motivos, carência, insegurança, desejo de ser aceito, fazer parte de um grupo, etc, mas esta conduta como mencionou pode nos fazer muito mal, pois ninguém agrada a todos então estaremos sempre frustrados se nos guiarmos somente por esta aceitação.
    Opiniões são importantes, mas precisamos estar seguros de quem somos para separar o joio do trigo e melhorar no que for preciso e ignorar o que é irrelevante.
    Como sabiamente disse, viver desta forma, mudando de comportamento a cada coisa que ouvimos, pode até levar à depressão e no fim, acabamos desprezando nossa essência e nos perdendo de quem realmente somos ;)

    Muito boa mesmo a postagem !
    Um enorme abraço e desejo que sua Páscoa seja de Paz e Luz :)

    ResponderExcluir
  6. Oi Samanta, tudo ótimo!
    Que bom que chegou e fico feliz com sua opinião.
    Pessoas sempre movidas por opiniões alheias, não chegam a lugar nenhum, e o pior de tudo é que não conseguem evoluir por seus próprios méritos.
    Abraços e bom fim de semana!

    ResponderExcluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.