Tolerância Zero

Olá, tudo bem? - Tudo bem que nada! Tudo bem só se for pra você!
Xiiiiiiiiiiii, se você anda respondendo dessa maneira, provavelmente seja um "pavio curto". Sua tolerância é ou quase zero.
Em nosso dia a dia, seja no trabalho, no trânsito, na faculdade, na rua, cedo ou tarde, nos deparamos com pessoas de comportamento explosivo. Também não é raro escutarmos que tal fulano explode por qualquer coisa, o sicrano é um descontrolado, beltrano tem o pavio muito curto.
Como lidar com esses sentimentos quando eles vem feito uma avalanche em nossa direção? Como reagir a situações de extrema descarga emocional?
O fato é que queremos que tudo e sempre dê certo em nossas vidas. E tem que ser do nosso jeito. As vezes, por um mínimo aborrecimento, somos capazes de passar um dia inteiro de cara amarrada.

Pessoas de tolerância zero, geralmente se acham o "último biscoito do pacote". É uma audácia você contrariá-lo, não sabem o que é uma segunda opção, são teimosos, brigam se for preciso, e julgam ser  donos da verdade absoluta.
Permitam-me citar um exemplo que aconteceu comigo nos tempos de faculdade: Ao terminar determinada prova, voltei ao estacionamento e me deparei com um outro carro estacionado ao lado do meu, quase que colado junto a porta do motorista. Simplesmente não tinha como eu abrir a porta. Naquele momento eu tinha duas opções: Bufar, praguejar, mandar o cara pro quinto dos infernos e estragar o que me restava da noite, ou manter a calma, e foi o que fiz. Peguei um papel e escrevia a seguinte frase: "Se tentou me irritar, não conseguiu, desculpe, eu entrei pela outra porta". Coloquei em baixo do lipa vidros e fui embora.

Eu tinha bons motivos para explodir naquele momento, não é mesmo? Mas não havia nenhuma vantagem para mim, por isso preferi entrar pela outra porta. Tudo bem, é um pouco incômodo, tem o freio de mão ai no meio, mas é assim que conseguimos resolver a maioria de nossos problemas e de forma rápida.
Você conhece ou convive com pessoas irritantes e de pavio curto? Saiba que o problema não é seu. Se for preciso use a "porta do lado"e vai tratar do que é importante e real para você.
Seja feliz.

2 comentários:

  1. Perfeito esse texto que fala sobre humor. Encaramos as questões sob o ponto de vista do humor, bom ou mau. A vida fica mais leve para todos quando se procura levar as situações com bom humor. Uma lição que muitas pessoas precisam aprender e você ensinou elegantemente para a referida pessoa. Parabéns! Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Olá Bia,
    Certamente a vida fica mais leve, se soubermos levar com um certo bom humor os incidentes do dia a dia.
    Forte abraço.

    ResponderExcluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.