Indignação e Coragem

"A esperança tem duas filhas lindas: a Indignação e a Coragem. A Indignação nos ensina a não aceitar as coisas como estão; a Coragem, a mudá-las". (Santo Agostinho).

Há muito tempo, o que verdadeiramente vem matando nossa esperança, o que nos deixa angustiados, quase que paralisados, é a crescente desconfiança.
Frente a tanta corrupção, aumento de impostos e desencantos, passamos a desconfiar de quem outrora  nos convenceu a confiar e acreditar que o Brasil seria um país de todas as reças e crenças. Aprendi que o bem comum é de interesse de todos, e que todos, principalmente os legisladores deveriam aprender e levar em conta.
Não se pode mais querer 'tapar o sol com a peneira', ou querer negar que há inúmeras pessoas de investidura pública/política que não movem um dedo sem antes ter calculado possíveis ganhos e regalias. Infelizmente a coletividade agoniza frente a individualidade de alguns. Pensar só em si está tornando-se um novo padrão de vida e extremamente egoísta.

É notório a descrença estampada no rosto das pessoas, para evitar o desemprego, empresas estão entrando em férias coletivas, as ruas estão menos movimentadas e um frio de incerteza nos congela a coluna de cima a baixo.
Notícias dão conta de que a Presidenta está preparando seu discurso e que em breve virá a público dar algumas explicações...
Ora senhora Presidenta, já estamos fatigados de tantas discussões estéreis, da fraqueza de nossos representantes, da perpétua mudança de pessoas e de tantos programas novos que estão nos levando ao caos. Poupe nos de paliativos ingênuos que não resolvem nada, que apenas pretende prolongar a pobre vida de nosso sistema agonizante. É hora de assumir que a democracia enfrenta uma crise aguda. Negar essa crise, é negar as evidências que estão por todos os lados, é negar a fragilidade e a decadência de todo o panorama político de nossa época.

Na condição de cidadão brasileiro e eleitor, fique aqui registrado minha indignação. Calar em tais situações em que estamos vivendo, nunca foi ou será a melhor solução.
Abraços.

6 comentários:

  1. Nestor, só quem NÃO quer ver, não percebe o desmando em que nosso país está. Uma locomotiva sem condutor e à deriva, caindo nos trilhos da corrupção e safadeza, desrespeito com o povo e tuuudo mais! estamos de mal a pior e como tu, nada tenho de esperança com essas politicagens todas que nos rodeia,! Falar ,gritar ordeiramente é preciso! Não somos idiotas! Indignação é grande e gritante! abraços,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá chica,

      Jamais devemos deixar de acreditar em dias melhores. A esperança é o que nos impulsiona a ir em frente, a lutar, cobrar, protestar, expressar nossa indignação, frente a essa nebulosa onda suja que está sendo jogada sobre os ombros de toda a população.
      Abraços.

      Excluir
  2. To achando o povo tão estranho.
    Não devemos nos contentar com pouco, e temos sim que questionar.
    Sabe sempre tive a ideia que o analfabetismo é bom para nossos governantes, só assim não tem seres pensantes na sociedade.
    Por isso tb acredito que a educação não é valorizada, muito além de ensinar matemática e português é ensinar o estudante a pensar, a ter suas ideias, e desenvolver sua criatividade.
    Vamos ver o que vai acontecer com nosso querido Brasil.

    Um lindo dia pra vc =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bell,

      Você está certíssima. Um povo sem cultura e educação é semelhante a uma manada, você pode manobrar para o lado que lhe convier.
      Aqui no Sul, já está acontecendo algumas manifestações e outras agendadas com mais de 30 mil participantes confirmados.
      Não adianta mudar sicrano ou fulano de tal cargo. A indignação e pressão, é para que se mude essa estrutura podre e corrompida que ai está. Pode levar algum tempo, mas é preciso pensar e mudar. Nossa paciência tem limites.
      Abração.

      Excluir
  3. Eu ainda quero acreditar que a diferença é que agora as sujeiras não estando mais sendo colocadas debaixo do tapete como SEMPRE foram em outras épocas. Mas, óbvio, isso não é desculpa. Não devemos nos conformar jamais com a corrupção e enquanto voz tivermos, é pra gritar. Eu ainda esperanço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Milene,

      Em nome de uma política 'certinha', muita coisa foi jogada para baixo do tapete, e acredito que ainda é escondido muita coisa...
      Indignar-se, protestar, requerer explicações... esse é o dever de todo o cidadão eleitor.
      A esperança sempre deve ser o nosso carro chefe.
      Abraços.

      Excluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.