Feliz Ano Novo

Reta final, mais dois dias e estaremos nos despedindo para sempre de 2014. Celebramos o que foi bom e tiramos lições do que poderia ter sido melhor.
Nessas datas em que celebramos o Natal e o Ano Novo, rebrotam as lembranças de nossa velha infância. A  gente consegue reavivar momentos simples, mas que foram marcantes em nossas vidas. Como eu esperava ansioso pelo Papai Noel! E o Ano Novo, nem se fala! Mal terminara de amanhecer o primeiro dia do novo ano, o movimento já era grande. Nem o pai ou a mãe, precisavam nos chamar, muito menos usar despertador. A gente levantava bem cedinho para cumprir um ritual que para nós era sagrado: bater às portas dos vizinhos e desejar em bom tom, Feliz Ano Novo, e claro estender as miúdas mãos, com o feliz desejo de poder receber algumas moedas. Os adultos sabiam da tradição e se preparavam para alegrar o semblante e o coração da criançada.
Pois bem, caros amigos, os tempos são outros e os costumes também. Impossível fazer o tempo parar. A saudade persiste. Ainda bem que a nostalgia favorece que o ontem não se distancie do hoje. A vida sempre será portadora de dinamismo e avançar para o novo ano, não é uma opção, mas sim, é favorecer a normalidade do nosso existir.

Será que 2014 deixará saudades? Em cada época, algo deveria marcar de tal modo que a saudade fosse uma consequência. Viver é provocar saudades. Viver é deixar marcas. Quando a vida vale a pena, a saudade sempre se posiciona com um certo grau de eternidade...
Um novo ano já se prepara para a estreia. Chegará sem grandes transformações ou pompas. Simplesmente amanhecerá junto com o novo dia de quinta-feira. Alguns levantarão cedo, outros, acredito que não. Externamente, também não mudará em quase nada. Porém, algumas mudanças me proponho e gostaria de ver acontecer com todos. Que em 2015 a gente possa usar mais  a ponta dos dedos para fazer cafunés em quem a gente ama, ao invés de ficar "fuçando" em telas de smartphones, tablets, celulares e computadores.  Que nossa paciência seja beeeeeem exagerada, que a esperança extrapole todos os níveis desejados, que a alegria seja nossa companheira diária, que o perdão possa impregnar as paredes do coração e que tal se a humildade invadisse todos os nossos neurônios?

Abraços. Feliz Ano Novo.

6 comentários:

  1. Linda mensagem e texto! Que seja uma linda travessia desse para o novo ano e que lá estejam nos esperando alegrias, muita saúdem amor e paz! Abraços pra ti e tua família! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi chica,

      O Ano Novo virá de qualquer jeito. O ser humano é que precisa renovar sua postura e atitudes perante a vida e tudo o que diz respeito a ele.
      Não adianta desejar feliz ano novo se a pessoa se sentir velha.
      Boas festas!

      Excluir
  2. Adorei!!
    Que em 2015 haja mais amor, pq ele é a essência da vida.
    Feliz Ano Novo =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bell,

      O amor é a chave que abre todas as portas.

      Feliz Ano Novo!

      Excluir
  3. Oi, Nestor, como vai? Esses dias saí com minha fiha, seu noivo e um amigo dela que é viciado em celular... falei, "olha, eu vou, desde que você não fique só no celular"... ele não ficou, até porque a bateria acabou, kkk, mas é preciso que a tecnologia não tome o espaço precioso das relações diretas, humanas. Rimos muito conversando.
    Humildade foi sem dúvida a palavra de 2014, tive inúmeras lições sobre esse sentimento... que o amor seja sempre o sentimento que se sobrepõe ao que for ruim. Abraços, feliz 2015!

    ResponderExcluir
  4. Oi Bia,

    Em relação a celulares, nos EUA, há uma rede de restaurantes que oferecem descontos a cada cliente que for almoçar ou jantar e deixar seu celular na portaria, justamente, para que as pessoas possam dialogar um pouco mais. Quem sabe a ideia não seja adotada por aqui.

    Abraços, feliz 2015!

    ResponderExcluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.