Gostos

"Não gosto da vida em banho-maria, gosto de fogo, pimenta, alho, ervas, por um triz não sou uma bruxa."  (Martha Medeiros).

Hoje o sol está brilhando intensamente. Mesmo que o amanhecer e o anoitecer se sucedam naturalmente, alguns dias são diferentes. Às vezes amanhece com sol, outras vezes com chuva. Às vezes calor, às vezes frio. O mesmo ocorre com o ser humano, há dias em que amanhecemos mais nostálgicos, outros mais eufóricos. Gosto de observar essa metamorfose chamada vida que se intercala entre um ser e outro, entre dias e noites.
Indiscutivelmente, a vida é feita de um misto de gostos, cores, amores, tropeços, avanços, escolhas... Bendita a diversidade que habita em cada existência!
Com o passar dos dias, nossos gostos vão se refinando e se confirmando. Muita coisa que eu gostava lá atrás, hoje não me serve mais, parece sem gosto. Outros tantos e bons gostos, tenho e vou descobrido com o desenrolar do tempo.

Entre tantos gostos, quando alguém passa a gostar da vida, transformações começam acontecer com mais frequência. Em um determinado momento da vida, abandonamos velhos padrões e passamos a ter e acreditar em nossas próprias convicções. Temos o nosso próprio jeito particular de olhar à vida, de analisar os fatos e de avaliar acontecimentos. Acredito que não deva existir alguém que não goste de nada. O gostar de alguma coisa é o que nos mantém vivos.

Quanto a mim, os gostos mais simples são os mais interessantes e que me atraem. Gosto do meu trabalho, de ler um bom livro, de amigos leais, de ouvir música enquanto preparo churrasco, de tocar violão, de estar junto com a família, de andar de pé descalço na areia da praia, na grama, de cuidar da casa, do jardim... Creio que isso é gostar da vida sem ter grandes complicações.

E quanto a você, gosta de alguma coisa?
Abraço.

6 comentários:

  1. Todos precisamos gostar de alguma coisa. Gosto de tantas:família, praia, natureza. tantas...Coisas simples! abraços,chica

    ResponderExcluir
  2. Oi chica,

    A vida requer que gostamos de algumas coisas. A gente só é feliz quando tomamos gosto por tudo o que amamos.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Nestor,

    Eu amo ver fotografias, imagens bonitas, fotografar, conversar, fazer novos contatos, escrever e ouvir musica. Não consigo ficar um dia sequer sem ouvir musica. Amo ouvir o som da voz de uma criança. É musica.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E quanta coisa boa se pode registrar através de fotografias. Também tenho a minha máquina fotográfica para registrar bons momentos. Prefiro sempre ouvir músicas a que assistir televisão.

      Lindo fim de semana. Abraço.

      Excluir
  4. Olá Nestor,

    Então você gosta de tocar violão? Bacana!
    Quando eu era bem menina, meu pai cismou de comprar acordeon para mim e para minha irmã e tivemos que entrar na aula de música para aprender a tocar. Nós não gostávamos e ele acabou afinando-rsrs
    Também gosto de coisas simples e que me dão imenso prazer, como ler, ouvir música e viajar para a praia. Amo o mar. Infelizmente, não há mar aqui nas Minas Gerais. Família para mim é sagrada. Somos muito unidos por aqui.
    Nossa vida passa naturalmente por transformações. Muitas coisas que eram importantes para mim já deixaram de ser. À medida que vamos evoluindo vamos mudando nossos valores.

    Excelente final de semana.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vera,

      Sim. Em nossa família, alguns tocam violão, outros acordeons e teclado. Herança de nossos antepassados. Refinei o meu gosto pelo violão em tempos de seminário, onde tínhamos aula de música. Podíamos escolher entre violão, acordeon ou piano.
      O talento de tocar alguns instrumentos musicais, nem sempre se revela a todos, quando se revela, há que se ter gosto, disciplina e dedicação.
      Quanto a vida, o importante é a gente não complicar demais as coisa. A vida é simples por natureza.
      Bom fim de semana.
      Abraço.

      Excluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.