Comportamentos


É possível decifrar o ser humano por seus comportamentos?

A título de curiosidade e sem a obrigação de passar, recentemente prestei concurso público para provimento de vagas no Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul. Impressionante, eram mais de 530 candidatos por vagas. Conforme edital, entre as 80 questões, o candidato deveria acertar no mínimo 48 para passar. Eu acertei 50 e não passei. Explico: Os módulos eram eliminatórios. Faltou um acerto em informática, um acerto em português e sobrou quatro acertos em conhecimentos jurídicos.
Além dos dois acertos que me faltaram, para mim e para muitos, o que mais faltou foi tempo. Provas de concursos anteriores para os mesmos cargos eram de 70 questões  com as mesmas 04 horas de duração. Aumentaram-se as questões e o tempo permaneceu o mesmo.
Após o edital, consegui estudar todo o conteúdo, (mais de mil páginas), somente uma vez até o dia da prova. Fica a dica que, para passar em concursos de grande envergadura, há que se estudar pelo menos um semestre inteiro, principalmente o nosso português cheio de regras e exceções. 

Embora tenha me faltado dois acertos para passar e certamente ir para reserva - coisa que eu não gosto, outras coisas pude observar e aprender. No colégio onde realizei as provas, em frente ao portão haviam pessoas calmas, eu era uma delas, e algumas extremamente nervosas, havia uma que fumava um cigarro atrás do outro, tremia tamanho o seu nervosismo. Uma outra esqueceu a caneta em casa e vendo que eu tinha duas me pediu uma. -Podia ter cobrado caro pela caneta, assim como fazem os cambistas com os ingressos da copa do mundo, ou podia ter negado, afinal era um concorrente direto. -Que nada, cedi lhe a caneta e desejei boa sorte.
O que leva as pessoas a tomarem comportamentos tão diversos frente a novos desafios? -Dependendo da idade, da educação, da carga espiritual, pessoas normais costumam ter comportamentos como: alegria, tristeza, angústia, raiva, impaciência... Em escala maior ou menor, creio que esse fenômeno acontece também em relação ao medo, podendo variar de um medo pequeno e inofensivo até um medo desmedido e incontrolável. Faz parte da vida e é normal para todo o mundo aquela sensação de medo diante de algo novo e desconhecido.
E as pessoas que têm medo de  baratas, de andar de elevador, de avião, de metrô, de ficar sozinho no escuro, medo de multidão? Você conhece alguém com esses medos? A propósito, qual é o seu maior medo?
Sentir medo é uma reação normal do ser humano. O que não é normal e não faz parte da vida, é permitir que o medo tome vulto, gerando angústias, frustrações, incertezas, impedindo nossa evolução espiritual e humana.
Forte abraço.

8 comentários:

  1. Não te conheço pessoalmente, mas pelos teus escritos vejo uma pessoa bem centrada, de bom coração, altruísta! Pena que não deu, mas não desiste.Vai dar, faltou pouco dessa vez! abraços,chica

    ResponderExcluir
  2. Oi chica, tudo bem?
    A vida da gente é de livre escolha. Podemos ser pessoas boas e contaminar mais pessoas ou podemos escolher em ser uma pessoa negativa e repelir as outras. Eu prefiro acreditar sempre na força do bem.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Olá Nestor,

    Faltou pouco, hein? Que pena que não deu dessa vez, mas serve de experiência para o próximo. Creio que uma boa forma de encarar os concursos, além do preparo e da tranquilidade, é não se sentir com o compromisso de passar. A ansiedade atrapalha e acaba embotando o raciocínio. Ter medo é natural e até saudável, na medida que ele atua como agente protetor, mas deixar-se dominar por ele é realmente desastroso.
    Precisamos encarar os desafios se desejamos crescer e evoluir.
    Fez bem em liberar a caneta. É atitude de desprendimento e solidariedade, embora você estivesse diante de uma concorrente.
    Ah... tenho horror de baratas-rsrs.

    Ótimo domingo.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vera,
      Medo de baratas.... um bichinho que se desespera na presença de humanos rsrs.
      Concordo contigo, medo salutar é aquele que nos mantém em alerta, sem nos sufocar ou pressionar em nossas decisões.
      Abraço.

      Excluir
  4. Nestor,

    Cerca de 20 anos atras fui fazer uma prova para o Banco do Brasil lá onde o vento faz a curva (só mandavam os inscritos para o avesso de onde moravam). Eu fiquei tão decepcionada com a roubalheira dos administradores que decidi não fazer mais. Começou com quase 2 horas de atraso e nao postergaram o horario. Não entendi pq ninguem reclamou. Era uma bagunça de outro mundo. Fiquei muito danada.

    Sobre ansiedade, todo mundo fica mesmo e talvez isso atrapalhe para que as pessoas lembrem de levar o essencial.

    Tambem tenho horror de ... nao falarei o nome porque atrai!

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem Sissym?
      Já escutei muitos boatos sobre concursos públicos, inclusive sobre esse que fiz. Há quem diga que antes mesmo do candidato realizar o concurso, a banca organizadora já sabe quem são os candidatos aprovados. A prova que eu fiz foi no dia 27/05 e hoje é 06/06 e até então não saiu nada oficial de quem passou ou não. O gabarito que deveria ser divulgado logo após o término das provas, só foi liberado no dia seguinte e na parte da tarde, um tanto estranho...

      Qual será o medo da Sissym, alguém tem um palpite?
      Abraços.

      Excluir
  5. Olá Nestor,

    Grata por sua visita e comentário.
    Desejo-lhe um ótimo final de semana.

    Abraço.

    PS: Seu livro já está aqui do meu lado. Chegou a vez dele-rsrs.
    Belo currículo (acadêmico de direito, filosofia e seminarista). Você deve possuir uma grande bagagem cultural e espiritual. Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Olá Vera, tudo bem?

    Por mais que se tenha uma grande bagagem, conhecimento e espiritualidade, não ocupam espaço, sempre é possível aprender algo novo e expandir conhecimentos.

    Desejo boa leitura e que possa retirar algo de bom. Esse é o intuito do livro.

    Sempre aberto a sugestões e críticas.
    Abraço e linda semana pela frente.

    ResponderExcluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.