E aí, valeu a pena?

Restam alguns dias do ano de 2013. Para quem teve um planejamento ou não, é chegada a hora de conferir o que foi bom e o que pode ser melhor em 2014. 
E aí, 2013 valeu a pena para você?
Falando por mim: Perdi uma pessoa que eu achava que não viveria sem, mas ganhei pessoas que nunca imaginei que entrariam em minha vida. Passei momentos com o coração apertado devido a otites, febres e resfriados de meu filho, mas os momentos de brincadeiras, sorrisos, seu crescimento, são indescritíveis. Fui pescar com amigos e não pegamos nada, mas o fato de estarmos juntos, supera qualquer pescaria. Devido a inexperiência, perdi algumas orquídeas, porém ganhei outras maravilhosas. Ganhei um livro de presente, dei de presente outros livros. Disse coisas que não deveriam ser ditas. Me calei quando mais deveria ter falado. Briguei, brinquei, me arrependi. Algumas vezes fui feliz, outras vezes triste. Algumas vezes errei querendo acertar, e acertei quando achei que tinha errado. Prometi coisas que não cumpri, e cumpri coisas que nem ao menos prometi. Perdi e ganhei. Cresci e amadureci. Cai e levantei... Conclusão: Valeu muito a pena! E convenhamos que se o tempo voltasse, faria tudo isso outra vez.

Pessoas perfeitas não existem, por mais que façamos certo ou errado o importante é sermos nós mesmos e não se arrepender do que já foi feito. Estar sempre de cabeça erguida e preparado para o novo. Nem tanto para o ano novo, mas para uma alma nova, capaz de enxergar além de mimos e presentes. Não quero aqui descartar as lembranças que podemos comprar, elas têm o seu valor, e todos gostam de receber, pois demonstram carinho. afeto e gratidão. Mas nada disso tem sentido se não tocarmos o coração das pessoas. Muitas vezes, a palavra que compreende, o olhar que conforta, o silêncio que respeita, a presença que acolhe e os braços que envolvem tem um valor imensamente maior do que qualquer presente material que ofertemos. São essas atitudes que dão sentido à vida e fazem com que ela seja mais intensa, leve e feliz.
Não sabemos o quanto demoraremos nessa existência, se teremos uma vida breve ou longa. Não convém adiar esses verdadeiros presentes que somos capazes de oferecer ao nosso próximo. O melhor presente de Natal é aquele que sai em silêncio de nosso coração e aquece com ternura o coração daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.

Fica a pergunta para você: E aí, 2013 valeu a pena?
Boas festas! Forte abraço.

7 comentários:

  1. Nestor, seu danado, é um dos poucos textos que li até agora sobre essa época que me emocionou...
    Me fez sentir o quanto sou humana. Respondendo antecipadamente sua pergunta, pois ainda escreverei sobre isso, sim, valeu a pena, chego ao final desse ano bem melhor do que os últimos anos anteriores, e isso me deixa feliz.
    Ainda há arestas a aparar, sonhos para conquistar, mas o sentimento mais importante acredito que nós dois carregamos: gratidão.
    Obrigada por ser um amigo virtual por quem tenho um carinho real.
    Aproveito para desejar que seu Natal seja maravilhoso e do jeito que você gosta, com sua família e sentimento de amor e união, com saúde para seu filho e paz, o tempo todo.
    Um abração!

    ResponderExcluir
  2. E aí Bia, muita correria atrás de lembranças e preparativos para o Natal?

    Aqui na minha rua a gente já se reuniu e combinamos. Vamos fazer juntos a ceia de Natal. Somos em 06 vizinhos, mais alguns familiares que virão de fora. Um faz uma coisa, outro faz outra e no final dará tudo certo.

    Natal, Ano novo, essas datas, tornam as pessoas mais sensíveis e de certa forma mais humana. Acredito que celebrar é um gesto de gratidão, e nada melhor do que celebrar e estar junto de pessoas que somam em nossa vida.
    Obrigado pelo carinho. Tenho certeza que seu Natal será maravilhoso. Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Sempre vale, né? É sinal que caminhamos, aprendemos e que aquilo que não foi lá grandes coisas, é preciso sabedoria e serenidade para tentar melhorar.

    Feliz Natal, caro amigo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Milene.
      Já escutei alguns comentários de pessoas que dizem: "Esse foi um ano perdido". Será que não tiraram nada de bom?
      Acredito também que sempre vale. É preciso saber lidar com momentos de perdas e momentos de ganhos.

      Obrigado pela companhia, boas festas, abraços.

      Excluir
  4. Nestor,

    Temos muito o que aprender, a vida é uma evolução constante para quem estiver atento e aberto. Eu desejo o melhor para voce. Que seja a magia do amor o instrumento para a transformação de cada dia num outro ainda melhor.

    Feliz 2014!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Que esse encanto e magia, se estenda por todo o ano de 2014, sobre você e sobre todos aqueles que fazem parte de seus círculos.

    Forte abraço, ótimo 2014.

    ResponderExcluir
  6. Vale sempre e cabe a cada um de nós fazer valer! FELIZ 2014! abraços,chica

    ResponderExcluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.