Simples lições

A vida não é justa, mas não deixa de ser boa.
Quando estiver em dúvida, só dê o primeiro pequeno passo.
A vida é muito curta para se perder tempo odiando alguém.
Seu emprego não vai cuidar de você quando ficar doente. Seus amigos e parentes é que vão fazer isso. Fique em contato.
Você não precisa sair ganhando em todas as discussões. Concorde em discordar.
Chore com alguém junto. Cura mais do que sozinho.
Não tem problema ficar brabo com Deus. Ele aguenta.
Faça as pazes com o passado, para que não estrague o presente.
Poupe para a aposentadoria começando com o primeiro pagamento que recebe.
Chocolate? Inútil resistir.
Pague suas dívidas do cartão todos os meses.
Não compare sua vida com outras. Você não tem noção da jornada que elas são.
Não tem problema em deixar seus filhos verem você chorar.
Não se leve a sério demais. Os outros também não o fazem.
O que os outros pensam de você não é da sua conta.

O que não mata, realmente te deixa mais forte. (Em bom português: O que não mata, engorda.)
Se um relacionamento for secreto, melhor não tê-lo.
Respire fundo que esfria a cabeça.
Descarte tudo que não seja útil, lindo ou levante o astral.
Tudo pode mudar num piscar de olhos. Mas não se preocupe, Deus nunca pisca.
Quando o negócio é conseguir o que você ama na vida, não aceite "não" como resposta.
Nunca é tarde demais para se ter uma infância feliz. Mas a segunda depende só de você e de ninguém mais.
Prepare-se além do necessário. Depois, acompanhe o andar da carruagem.
O mais importante órgão sexual é o cérebro.
Opte sempre pela vida. Perdoe tudo e a todos.
Por melhor ou pior que seja a situação, ela vai mudar e o tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo.
Acredite em milagres.
Entre envelhecer e morrer jovem, a primeira opção dá de 10 a 0.
Ninguém é responsável pela sua felicidade, só você mesmo.
Ao fim e ao cabo, o que realmente importa é que você amou.
E o melhor ainda está por vir.

Fragmentos de Regina Brett, retirados do Jornal The Plain Dealer (Cleveland/Ohio)

9 comentários:

  1. Lindo e acertado, sempre válido, texto!!! abraços,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi chica,
      Sempre é possível aprender algumas lições, e em qualquer texto.

      Abraço.

      Excluir

  2. Olá Nestor,

    Podem ser lições simples, mas sábias e que podem tornar nossa vida muito mais gratificante.

    São fragmentos de bem viver.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vera,

      Acredito que as grandes lições, são as mais simples.

      Abraço.

      Excluir
  3. Bons fragmentos. Embora a gente peleje sem conseguir toda hora fazer valê-los.

    Abraços, Nestor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Milene,

      Por mais que se "peleje" é impossível estar sorrindo a todo o momento. Amadurecimento requer provações.

      Abraço.

      Excluir
  4. Oi, Nestor, ótimas partilhas. A única certeza é que as coisas vem e vão e quanto melhor vivermos no meio disso tudo, mais a vida será sentida por todos os poros. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia,

      Diante de tantas coisas que vem e vão, como diz a canção: "É preciso saber viver".
      É vivendo que a vida será sentida!

      Abraço.

      Excluir
  5. Nestor,

    As lições parecem simples, mas é este teor da simplicidade que torna mais feliz o dia-a-dia.

    Um beijo e otimo domingo!

    ResponderExcluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.