A vida e o mar

Creio eu que você leitor que me acompanha seguidamente por aqui, já tenha se dado por conta, salvo raras exceções,   que meus textos, praticamente todos, contêm  relação ou vínculos com a mãe natureza.
Sempre prefiro interior à cidade grande, o ar é mais puro e as pessoas são mais simples. Morar em apartamento? Nem pensar! Minha casa tem um jardim, uma horta, árvores com frutas, gramas e muito verde. É verdade que me dá um certo trabalho, porém, é muito gratificante. Sabe, é uma questão de estilo de vida. E quanto ao mar e a vida, o que eles têm em comum?
Há dias em que o mar não acorda bem, suas águas mudam de tonalidade, suas ondas são mais insistentes, quase que violentas. São os mistérios que envolvem a superfície e a profundidade de tamanha imensidão de água. No dia seguinte, talvez, tudo volte ao seu normal.

Nossa vida tem muito a ver com o mar. Há dias em que tudo parece ser mais exigente. Convivemos ou encontramos pessoas que se assemelham com as pesadas e desordenadas ondas que não se importam com quem cruza  suas beiradas, simplesmente vão atropelando tudo o que encontram pela frente. Há pessoas, uma quantidade até exagerada, que se parecem com o mar em ressaca. Humor intragável, semblante amassado, olhar machucado... Dias pesados supõem mais energias, autocontrole, postura de equilíbrio e minimização do mau humor.
Mas, quem nunca sentiu aquela sensação de liberdade não somente aos pés, mas à existência, ao caminhar a beira-mar sentindo o vento e ouvindo o som das ondas? Existem dias, assim como as ondas calmas e a água transparente, onde a vida segue o seu rumo. Os problemas são  resolvidos, os desencontros se encontram e a paz é edificada. Dias assim, requer um pouquinho de postura e atitude. Não basta a gente idealizar um jeito de ser. A vida é um refazer-se a cada instante. 
Fica aqui a minha torcida para que, em cada amanhecer de sua vida, a bandeira sinalize calmaria, transparência e esperança. Que essas ondas sejam abundantes e constantes. Ou, ao menos, que as ondas bravias sejam passageiras, afim de que, você possa continuar caminhando serenamente à beira-mar.

16 comentários:

  1. O UNIVERSO possui uma ordem DIVINA e nós estamos ligados a esta ordem... Somos parte da NATUREZA e ela é parte de nós. Não como haver uma separação. Se a humanidade descobrir que quando desequilibra a natureza está perdendo o equilíbrio de si mesmo ela irá pensar duas vezes em cometer tais erros...
    Um texto questionador...
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Malu, como vai?

      Somos partes da natureza sim e, temos o poder de construir ou destruí-la. A única diferença é que somos muito mais frágeis perante ondas gigantes, temporais e ditos fenômenos naturais.
      Sempre reverencio a mãe natureza.
      Bom fim de semana!

      Excluir
  2. Linda e serena, tranquilizadora mensagem! abraços,lindo fds!chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Abração chica, aproveite bem seu fim de semana!

      Excluir
  3. Nestor,

    Talvez seja por isso que contemplo muito o mar e o respeito. Ha momentos que combinamos.

    Obrigada, tambem desejo a voce o melhor a cada amanhecer.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sissym, como vão as coisas por aí?

      O mar da vida é isso aí, ora encontra-se em ressaca, águas sujas e revoltas, ora em calmaria. Isso é a vida.
      Bom fim de semana!

      Excluir
  4. Eu amo tanto o mar, ele exerce sobre mim um fascínio indescritível pela sua força e beleza. Ele se faz forte e calmo. Ele comanda. A nós resta a contemplação,o respeito e a espera de lidar com ele conforme seja a sua vontade... Assim feito na vida.

    Abraços, Nestor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mar e seus mistérios, Milene. Cabe a nós adaptarmos a sua realidade.

      Abraços.

      Excluir
  5. Grata pelos parabéns que deixou ao INFINITO. Estarei uns dias fora, mas assim que voltar farei as visitas costumeiras aos amigos...

    ResponderExcluir

  6. Oi Nestor,

    Delicioso seu texto. A comparação da vida com o mar foi muito feliz.
    Sou apaixonada pelo mar e devoto a ele a minha admiração e respeito, por sua força e grandiosidade.
    Na vida, vamos procurando enfrentar as ondas bravias com o necessário equilíbrio e aproveitando para desfrutar com maior intensidade dos momentos de calmaria.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto do mar e seus mistérios. Ele nos convida à reflexões.

      Saber enfrentar ondas bravias e desfrutar momentos de calmaria, é dar rumo certo à vida.

      Abraço, Vera.

      Excluir
  7. Olá Família Alcará! Participei do blog em 2011 e por esses desencontros da vida, não mais retornei. Ao entrar aqui fiquei encantada com essa postagem e já estou seguindo o blog! Eu me identifiquei muito, pois amo a natureza e moro perto do mar. Eu poderia ficar por aqui falando sobre a energia do mar, sua beleza, a minha fascinação pela natureza...mas o comentário ficaria muito extenso. Então, quero deixar registrado a boa energia que senti aqui ao ler mensagens positivas nesse texto tão agradável! É com grande satisfação que estou retornando! Desejo pra toda família um dia repleto de paz e harmonia! Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Katia!
      Que bacana ver você por aqui de novo. Que bom que as ondas que te levaram, trouxeram você de volta. Bem-vindo ao blog.

      Sem dúvidas, o mar exerce sobre nós e a própria natureza, um leque de energias, que nos encantam por sua beleza e mistérios.
      Abração.

      Excluir
  8. Que lindo Nestor...
    É estou aqui em frente ao mar e não tinha feito esta comparação....
    E é assim mesmo...
    Maravilhoso o lugar onde moras em contato com a natureza
    Gosto muito tbém de lugares mais tranquilos....
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Maria!
      Que vida boa, em frente ao mar, hem Maria!
      Temos algumas semelhanças com o mar. Ora agitado, calmo, furioso, misterioso...
      Assim também é a vida.
      Abraço e boa semana.

      Excluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.