Oscilações

Meu filho Lorenzo
Olá prezados leitores e seguidores, tudo bem com vocês?
Quem me acompanha por aqui, deve ter percebido que ultimamente ando oscilando com meus textos e visitas. Normalmente a partilha é de dois textos semanais e seguidas visitas com comentários em vossos blogs. Aprendo muito lendo vocês.
Os motivos passageiros dessas oscilações, é que os meses de dezembro até o início de março, no segmento em que atuo, é bastante corrido e produtivo para mim. Outro motivo bacana, é que no sábado 26/01, o meu primogênito estará completando seu primeiro aninho de vida. Organizar tudo, dá uma correria danada, porém, é muito gratificante.
O filhão já está no clima da festa, se achando o verdadeiro e único Pequeno Príncipe.

Mas aqui estou eu partilhando mais umas idéias com vocês, até mesmo porque ficar muito tempo em silêncio, passa a ser um texto fácil de ser lido de forma errada, não é mesmo?
Aproveitando o assunto, é normal que a vida nos apresente inúmeras oscilações. Algumas são tão fortes que as vezes pensamos em desistir, deixar de lado nossos sonhos, abandonar nosso ideal, ou partir em retirada. Outras nos fazem sentir o peso da responsabilidade, muitas vezes, sem ter com quem dividir. Algumas nos jogam na solidão, mesmo estando cercados de pessoas.
Algumas oscilações fazem com que a gente fale sem ser notado, lute por causas perdidas, e muitas vezes, voltamos para casa com aquela sensação de derrota. É nessa hora que mais precisamos parecer fortes, mas aí aparece aquela lágrima e teima em cair na hora errada.

Diante de tantas oscilações, quem nunca pediu a Deus um pouco de força, de luz, um pouco de paz? E Deus insiste em nos abençoar, porque as respostas sempre vem, seja através de um sorriso, um olhar, uma mensagem, um gesto de amor...
E a gente insiste em prosseguir, em acreditar, em transformar, em estar, em ser, em seguir, porque temos uma missão: SER FELIZ.

10 comentários:

  1. A vida de blogagem é assim mesmo. Há tempo em que temos mais oportunidades para visitas e postagens e outros tempos são mais corridos. Temos que fazer as coisas de acordo com as nossas possibilidades.

    Um grande abraço e muita PAZ e SAÚDE para seu filho...
    Que a festa seja SUUUPER!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Malu,
      Somente hoje encontrei seu comentário. Não sei por que, mas foi para a caixa de spam. Desculpe pelo transtorno.

      A festa foi super legal e o Lorenzo está cada vez mais sapeca.
      Abraços.

      Excluir
  2. Que lindo teu filho! Parabéns, desde já pelo niver. Que lindo princepezinho...abração praiano, boa festa! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo carinho, chica! Curta bem sua praia!

      Abraços.

      Excluir

  3. Olá Nestor,

    Mas que filhote mais lindoooooooooooooooooooooooo!
    Curta bem este momento. É único. Nada é mais importante.
    Quanto às oscilações, vivemos entre elas, mas com fé e confiança no suporte divino atravessaremos todas elas com sabedoria.

    Meu abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vera,
      Sou suspeito em compartilhar sua opinião, mas, ele é lindo mesmo, e não foi trocado na maternidade viu! Estou aproveitando cada momento de sua fase.

      Oscilações fazem parte da vida, é preciso encarrar com naturalidade e confiança.
      Abraço.

      Excluir
  4. Eu só digo uma coisa, sem oscilação nenhuma: Dá o Lorenzo pra mim??? Que lindeza é essa? É de verdade? E parece tão esperto e curioso. Encantada com o seu filhote, Nestor. Vida linda pra ele...

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não dou não!!!!!!!!!

      Ele é único e é de verdade. Já anda muito esperto, curioso e sapeca. O bacana é quando ele começa a conversar comigo, não sei se é conversa ou se está me xingando, o fato é que o guri é bom de prosa e de garfo também. kkkkk

      Abração, Milene.

      Excluir
  5. OI, Nestor. No fundo acho que o ser humano caba por se render ao seu instinto inerente de sobreviver, acreditar e buscar a felicidade.
    Momentos como esse, de comemoração de um filho, dão trabalho mas valem ouro...oscilação do bem. Essa questão das oscilações da vida, do quanto estamos bens em algumas fases e nem tanto em outras, é algo com a qual vamos aprendendo a lidar no curso da vida, e algo que traz esperança quando as coisas vão mal...um dia melhoram, e muito. Um abraço, ótima semana, dá um beijo no seu lindo filho por mim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Bia!

      Nem todos acreditam em seu instinto de sobrevivência, alguns simplesmente jogam a toalha e passam a ser "vivos mortos", sem perspectiva alguma.
      Compreender que a vida é feita de oscilações, é ponto fundamental para poder crescer e lidar com elas.

      Beijo dado, obrigado e linda semana pela frente.

      Excluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.