Qualidade de vida

Olá,  grande maioria de nós, sabemos que para garantir qualidade de vida, é preciso ter força de vontade,  boa alimentação, fazer exercícios físicos, ter bons relacionamentos e consequentemente uma vida mais feliz.
No plano físico e mental, tais ações são visíveis e concretas, basta olharmos para academias de nossas cidades, ou até mesmo, pessoas se exercitando, de alguma forma ou outra, pelas ruas de nossos bairros.
O questionamento que trago à tona, é em relação a nossas emoções e espiritualidade. Serão eles fatores de qualidade de vida?

Cultivar uma boa leitura, aprender a meditar, buscar equilíbrio interior, serenidade nas decisões, desenvolver uma certa espiritualidade, independentemente de credo ou religião, são fatores fundamentais para mantermos uma vida com qualidade.

É importante salientar que, uma boa qualidade de vida se baseia na qualidade de bons momentos.  É importante exercícios físicos, alimentação correta, mas também, momentos de paz e calmaria.

3 comentários:

  1. Olá !!!

    Maravilhosa a postagem, assino embaixo !!
    Qualidade de vida engloba harmonia física mas também harmonia interior, não adianta termos uma torina de exercícios físicos, dieta balanceada, etc se em nosso íntimo reina a ansiedade, o caos interior.
    Como disse, é preciso cuidar de nossas emoções, procurar equilíbrio, refletir, tentar melhorar como pessoa, se permitir momentos de relaxamento e tranquilidade.
    desta forma com certeza teremos uma qualidade de vida completa :)
    Ótima reflexão e dica para pensarmos a respeito :)

    Um abraçãooooooo e bom fim de semana !

    ResponderExcluir
  2. Olá, acho que qualidade de vida é um conceito que varia de pessoa para pessoa, mas em geral, alia um conjunto de fatores que, somados, produzem uma sensação de bem estar e prazer em viver. Simples de explicar, colocar em prática, nem tanto! Um abraço, bom domingo!

    ResponderExcluir
  3. Olá Bia,
    Geralmente as pessoas confundem qualidade de vida com padrão de vida, ou seja quanto mais dinheiro tiver, mais feliz vou ser, então, trabalho, trabalho e mais trabalho. Acho que não é a melhor solução.
    Forte abraço.

    Olá Samanta,
    Fico feliz que tenhas gostado do texto. Devido a correria do dia a dia, as vezes esquecemos de nós mesmos. Cuidamos o nosso físico e esquecemos o nosso interior.No momento em que conseguirmos conciliar/sentir exterior e interior, a qualidade de vida começa a surgir.
    Forte abraço.

    Observação importante:
    Todos os comentários feito nos finais de semana (Sábado a tarde e domingo)serão liberados e respondidos na segunda-feira. É que os finais de semana eu passo em família e me desligo de tudo.
    Nestor Alcará.

    ResponderExcluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.