Você é o comandante

No mês de janeiro, fomos surpreendidos com a triste notícia sobre o naufrágio do navio de Cruzeiro Costa Concordia, que colidiu com uma rocha nas proximidades de ilha de Giglio, na costa italiana da Toscana. 
O comandante do Costa Concordia, Francesco Schettino, foi acusado de ter abandonado o navio. Ele nega, mas a empresa responsável pela embarcação confirmou a negligência.
Ao meu modesto modo de avaliar os fatos,  vejo que houve negligência operacional, pois na embarcação havia manual interno de navegação, mapa náutico com a rota a ser seguida e equipe treinada para evacuação do navio. Mesmo assim perderam-se inúmeras vidas.

Falando de nossas vidas podemos compará-la a uma pequena embarcação, onde a responsabilidade pela navegação é exclusivamente de você meu caro comandante.
Em que tipo de mar você está navegando? Que porto pretende ancorar? Quem é a sua tripulação? Família, amigos, projetos, sonhos...

O comandante do navio Costa Concordia que deveria orientar a evacuação e gerenciar a crise - causada por ele mesmo - foi um dos primeiros a abandonar o navio demonstrando um total despreparo para lidar com a situação. 

E quando acontecem crises com  nossa embarcação, pulamos fora ou encaramos a situação?
Certamente obstáculos e crises, iremos encontrar durante todo percurso de nossas vidas. Cabe a cada um de nós direcionar as velas de seu barco a favor do vento.
Você é o comandante da sua vida e responsável por sua embarcação. Fique atento para que ela não se torne mais um navio Costa Concordia, lindo, exuberante, glamoroso, porém, naufragado.

4 comentários:

  1. Olá !!!

    Adorei a comparação, muito reflexiva !
    Quando somos surpreendidos pelas crises e desafios, a vontade de sumir e fingir que nada existe é tentadora, pois é o caminho mais fácil... mas desta forma, nunca conseguiremos aprender a conduzir melhor, a lidar com imprevistos, nunca cresceremos como seres humanos, não sairemos mais fortes das tormentas para enfrentar novos problemas, que sempre surgem inevitavelmente em toda a nossa viagem nesta vida.
    Podemos optar pela covardia, mas o resultado disso, não será útil em nada e ainda podemos causar estragos aos que nos cercam...
    Muito boa a postagem !!

    Um enorme abraço e bom restinho de semana !!

    ResponderExcluir
  2. Oi Samanta,
    É verdade, a nossa tendência diante dos desafios é sumir, é muito mais fácil agir assim. Certamente essa não é a melhor solução, o bacana é você encarar os desafios como oportunidades únicas de crescimento pessoal.
    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  3. Minha embarcação tem navegado por águas turbulentas, tenho feito esforço supremo para aprumar suas velas. Mas a fé não me abandona, as águas calmas chegarão com certeza. Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. É isso ai Bia, aprume suas velas que tudo dará certo. Diante das turbulências da vida, faça o que tem que fazer que as coisas, aos poucos, se ajeitarão.
    Forte abraço!

    ResponderExcluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.