A força de um olhar

Sou da década de 70 e aprendi com meus pais, que pessoas com mais idade, obrigatoriamente tinham que ser respeitadas. Aos avós, pais e tios, tinha que pedir a benção. Aprendi que eles eram autoridades. 
Esse gesto de respeito, era supervisionado pelo olhar do pai. Incrível, mas o pai nos chamava atenção com o seu olhar, quando a bagunça era muita, ele simplesmente nos olhava, não precisava falar nada, a sua mensagem era perfeitamente entendida e a brincadeira acabava por ali mesmo.
Um olhar nos conta histórias, nos trás respostas ou decepções. 
Existe olhar mais lindo que aquele da pessoa amada onde você se derrete por inteiro? E como dói quando uma pessoa nos olha com indiferença  ou desprezo!

A força de um olhar pode nos calar, comover, indignar, deixar feliz da vida, mas só se completa quando produzir o seu resultado.
Há tantas coisa bonitas, pessoas e lugares para se olhar por esse mundão de Deus, no entanto, precisamos olhar também para as mazelas deste mundo  e tentar deixar um pouco melhor. Enxergamos problemas de todos os tamanhos e todos os dias, mas, para não nos comprometermos, preferimos fechar os olhos. Alguns enxergam sem ver, outros vêem sem enxergar. 
O mundo e as pessoas ficarão mais felizes, no momento em que passamos a olhar sem medo de ver o que não se quer ver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.